quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Eu acabei de ganhar um panettone.

A importancia de uma vida.
Sim.É importante.E é uma vida.
Há dias, tenho pensado em estados como solidão, envelhecimento, gravidez, completude ,sem desejo algum de chegar a uma conclusão.Todo mundo pensa nisso um dia.E é incrível como qqr atitude que vc queira tomar pra solucionar tais estados,entra em empasse com conceitos morais e éticos.
Por exemplo, pra solidão?Companhia.Pro envelhecimento?Botox.Pra gravidez?Cumplices.Pra completude?Parceria.
Nem todos os dias,entretanto, vc se sente sozinho.As vezes essa sensação só vem numa tarde de chuva em que vc esta vendo um filminho em casa [sozinho!].
Que está envelhecendo, fica claro qdo vc encontra um desses fãs do Restart e fala rindo "Menino!Eu me recordo de vc no colo da sua mãe." ou ainda qdo vc nota que ja nao joga uma partida de volei inteira.Sim, o envelhecimento é inevitavel - ainda que existam tecnicas cirurgicas maravilhosas, vide Elza Soares - a não ser que vc descubra uma maneira de parar de respirar e fique numa dessas bolhas de isolamento, assim vc nao oxidará suas celulas e sequer sofrerá ação do tempo.Ou seja, impossível [mas não custa nada sonhar!].
Qto à gravidez, eu penso sob varios aspectos: resolve o problema c a solidão, retarda o envelhecimento [em algumas pessoas acelera!rs] pq é felicidade demais e ainda completa.Mas analise: numa era em que o importante nao é o q vc é , e sim o q vc tem, como engravidar de ninguem??
Sim.
Num quadro de vulnerabilidade decorrente da solidão , nada melhor do q companhia.Consequencias?!Impensaveis.E é por isso que uma gravidez torna-se um pesadelo na vida de mtas meninas na atualidade.
E qual a solução pra isso?
Não espere ouvir da minha boca a palavra 'aborto' como resposta.Eu sou a favor da vida em toda e qqr condição.Pra mim a solução pra todos os problemas chama-se responsabilidade.
E isso é um conceito intrinsecamente ligado aos quisitos éticos e morais da nossa sociedade.Além do mais, é um principio cristão.
O cidadão que é responsável não se corrompe pelas suas sensações.Ele nao se livra dos proprios problemas de maneira inconsequente, ele analisa, se envolve e resolve.
Encarar problemas vitais, nao só esses q eu supracitei, mas muitos outros que sao questionamentos humanos, tais como "De onde viemos" ou "Pra que vamos" pode ser delicioso.Tanto quanto opitar por arranjar companhia ou até mesmo por ter filhos.Isso soa como loucura?Vc , leitor, já foi desejado um dia [Minha mãe me planejou por 15 anos] e se não foi, melhor ainda;pelo menos não entrou na vida cheio de expectativas a corresponder.
E ainda assim é vida.É dom , é graça.
Volto a prerrogativa de todas as manhãs: sabe o q eu tenho pensado ultimamente?"Como é bom ter a chance de participar mais uma vez desse espetaculo". Qtas pessoas dariam tudo pra estar no meu lugar... frase decorada?Não.Frase INTERPRETADA.Nesse momento, hospitais e  cadeias estão lotados de pessoas que sequer podem abrir os braços e olhar pro alto, sentirem o vento no rosto, muito menos abraçar um familiar.A responsabilidade resolveria algum desses empasses, por exemplo, quem não é imprudente ao dirigir, não se envolve em acidentes e quem respeita a vida alheia , não é incriminado , ou seja, não vai pra hospitais,muito menos cadeias.
Sigmund Freud trabalha com a teoria de que toda consequencia advem de uma causa.Não é necessario ser phD em psicanalise pra saber q a falta de responsabilidade te deixa bem encrencado.Portanto, pense: a vida é pra ser vivida com responsabilidade.É preciso cuidar dela em qqr demonstração.

Fato do dia: enquanto eu andava por uma rua da minha pequena cidade , escutei um choro de cachorro.Sabe daqueles de cachorro novinho?Ainda olhei pros lados imaginando que viesse da casa de alguem.De repente me deparei com um ser minusculo ao lado de uma parece.Era choro do abandono.

Meus paradigmas gritaram.
A vida deve ser vivida e respeitada em qqr condição.Trouxe o pequenino ser pra casa, dei-lhe um banho , alimentei e o batizei "Panettone".Condiz com a época e a sonoridade da palavra me deixa feliz.
Estou com a alma resplandecente, por ter a certeza de que eu não me influencio por aquilo que o mundo transmite.Pra mim, o importante é a minha essencia e faz parte disso ajudar.


"Bem vindo à minha vida."


Xo Xo
Adivinha o que eu fiz?!

Um comentário:

  1. Sério Tina, eu te admiro MUITO, por tudo mesmo! Você é foda!

    ResponderExcluir